Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Fórmula da Felicidade

A vida é feita de escolhas e a minha é ser feliz!

A Fórmula da Felicidade

A vida é feita de escolhas e a minha é ser feliz!

Perceberes o teu verdadeiro eu, às vezes dói...

19.08.20, Mary

Ainda no seguimento da leitura do livro do Eduardo Torgal 40 dias e um segundo para mudar a tua vida...
Este livro tem me levado a refletir e a admitir coisas que nem sempre gostamos de as saber reais.
No último exercício, vi-me Obrigada a confrontar os vários eu's dentro de mim:
Como eu sou
Como os outros me vêm
Como eu quero que os outros me vejam.

Admitir que sou mais fraca e vulnerável do que aquilo que transpareço, doeu. Doeu de tal forma que umas lágrimas e nó na garganta se formaram.

Levamos a vida a apregoar que não nos importamos com a opinião dos outros e não é verdade. Não tenho sangue de barata... por muito segura que seja de mim própria, saber que dizem coisas menos boas de nós cai mal.

Percebo que não posso agradar a todos, mas exijo muito de mim própria a tentar dar-me bem com todos.
Por muito que diga que não, incomodam-me as pessoas que passam por mim e não me falam e já nem me lembro a razão, se alguma vez a houve.

Anseio demasiado pelo reconhecimento dos outros, gosto de ser o centro das atenções e ao reconhecer isso senti-me um tanto ou quanto narcisista. Percebi que ajudo tudo e todos, não por altruísmo puro, mas porque espero um reconhecimento de alguma forma.

Percebi que tenho muitas inseguranças. Uma delas é o de falhar como mãe, como esposa. Comparo-me demasiado com as outras e invejo-as em muitos aspetos.
Tenho consciência de que todas elas têm defeitos, mas eu não os vejo. O que vejo é que elas são melhores naquilo que eu sou pior.

Esta fase de desencanto é a pior delas todas. Muitos processos de transformação e desenvolvimento pessoal, terminam por aqui. Mas eu não vou desistir agora. Hei-de chegar até ao fim. 

Um bom dia para todos.

IMG-20180828-WA0005_20190117130512015.jpg

 

https://images.app.goo.gl/FaAwgMf3yZEovva68

 

40 dias e 1 segundo para mudar a sua vida

03.08.20, Mary

Recebi de presente, do próprio Eduardo Torgal este livro com direito a dedicatória e autografo e tudo. Estão bem a ver o meu ar de felicidade! eu dava pulinhos e gritinhos de alegria, qual criança que acaba de ganhar um brinquedo novo.

Receber este livro numa fase de mudança total  da minha vida e crescimento pessoal, foi mais um sinal que eu ia na direção certa e aquela tal sensação que falei num outro post de que coisas boas estavam para acontecer, acentuou-se.

Este livro de coaching com base no eneagrama promete alterar o teu eu em pouco mais de um mês. Não é um livro para se ler, é um livro para se ir vivendo ao longo dos dias. Mas não vou estar aqui a explicar o que é o eneagrama. Importa aqui as minhas reflexões e a minha perspetiva.

Cada dia tem uma tarefa que te leva à introspeção, à tomada de consciência, à aceitação e, finalmente, à ação.

Por aqui vamos iniciar o dia 3.

Mas partilho convosco os exercícios dos dois primeiros dias:

#Dia1

Escrever quem serei eu daqui a 40 dias. Como me quero ver. Sem medos, sem tabus. atrever-me a sonhar e a visualizar a pessoa em que me quero transformar.

#Dia2

Escrever, durante 6 minutos, sobre as conquistas a nível de desenvolvimento pessoal já adquiridas. Durante esse tempo escrever o que me vier à cabeça e não parar de o fazer até completar o seis minutos. Parece difícil, mas acabaram por passar 8 e nem dei conta. 

O dia 3 será hoje e como a tarefa a realizar é para ser feita num momento de descontração, logo vos conto como foi. Talvez, um dia, ganhe coragem e partilhe convosco o que por lá vou escrevendo.

Um hábito novo que adquiri, foi de anotar nas margens dos livros o que certas frases ou parágrafos me fazem sentir. É interessante fazer esta auto-análise.

A tomada de consciência é o primeiro passo para a mudança.

Em busca da versão 2.0 da minha pessoa.

1622821_468233956635354_1418766194_n.jpg

Obrigada Eduardo Torgal e maravilhosa esposa Joana Carvalho pelos presentes que me deram. Vieram no momento certo! Mas os outros presentes ficam para outro post.